Digitalização não deve tomar lugar de relacionamento presencial, segundo CEOs

24, Jun. 2022

Fonte: CQCS

O mercado segurador brasileiro foi marcado por uma aceleração dos processos de digitalização nos últimos anos. No entanto, mesmo com a redução das restrições, o modelo híbrido deve permanecer, seja nas formas de trabalho, seja no contato com clientes e corretores. “Acreditamos que o futuro do atendimento do corretor é presencial. As questões tecnológicas vão suportar todo o relacionamento construído no dia a dia dos corretores. Achamos que é tão técnico e uma venda tão consultiva que acreditamos que o presencial vai perdurar por muito tempo”, projetou o CEO da HDI, Eduardo Dal Ri, durante a Fetransporte Conference. A visão é compartilhada também pelo CEO da Chubb, Thomas Batt, que acredita que o ser humano quer a presença física e ela só pode ser virtual até certo ponto.

 “O novo normal trouxe, na visão da distribuição, um cenário um pouco diferente do que imaginávamos. O físico continua muito importante no dia a dia, mas é um físico com muito apoio do digital”, corroborou o CEO do Santander Seguros, Murilo Riedel. Para ele, o objetivo do digital é trazer o consumidor para o mundo físico. “Cada vez mais o digital tem se apresentado como instrumento para o mundo físico, mas não é uma substituição completa”, ressaltou. Um exemplo disso é que o banco tem ampliado a distribuição física com mais agências e mais representantes.

 As mudanças não foram só na maneira como as companhias atuam, mas também na forma como as pessoas percebem risco e buscam proteção. No ano de 2021, as seguradoras tiveram muitos desafios, já que, no primeiro semestre, o seguro de vida teve muitos sinistros e, no segundo, as indenizações ficaram por conta do agro e automóvel. Na avaliação do CEO da Sompo Seguros, Alfredo Lalia Neto, o ano de 2022 já se apresentava como desafiador em função das eleições no país, mas fomos surpreendidos com a guerra entre Rússia e Ucrânia, que também tem reflexos na vida de todos. “Estamos reaprendendo a trabalhar o físico e digital e enfrentando a inflação que fazia tempo que não tinha, pois ela diminui a capacidade de compra e agrava o risco. O principal desafio é como fazer o prêmio do seguro caber no bolso dos consumidores”, afirmou.

Batt acredita que este novo momento requer novas soluções e disse que a companhia está apostando em algumas modalidades específicas como acidentes pessoais, responsabilidade por contaminação, cyber é um produto para securitizar fundos para tornar mais atrativos para investidores. Outra companhia que está mudando seu posicionamento estratégico no mercado é a Sompo, que, de acordo com o seu CEO, vai se concentrar em seguros corporativos e agrícolas.

 Com a incorporação de parte dos seguros da Sompo, a HDI reforça seu posicionamento de ser um dos 4 países estratégicos para a companhia fora da Alemanha. “O mais importante pra mim é a aquisição de talentos que incorpora e o relacionamento que traz junto aos corretores que a Sompo foi construindo ao longo do tempo. Não adquirimos apenas uma carteira, adquirimos toda uma cadeia de relacionamento com o corretor. Temos pessoas, gerentes, produtos, que estão vindo com essa aquisição”, concluiu Dal Ri.


A  ABGR apoia o INSURTECH LATAM FORUM 2022, UM DOS MAIORES FÓRUNS LATINO-AMERICANOS DE INOVAÇÃO EM SEGUROS

De 08 a 12 de agosto.

Mais informações sobre o forum e inscrições em:https://www.insurtechlatam.com.br/

Associados ABGR têm desconto na inscrição!



Curso Preparatório e Certificação Profissional Internacional em Gestão de Riscos.

Associados ABGR têm desconto para inscrições antecipadas. Solicite mais informações através do

e-mail: abgr@abgr.com.br 



Pesquisa ESG para Gerentes de Riscos

A WTW convida você a participar de Pesquisa ESG para Gerentes de Riscos, abordando os Fatores Ambiental, Social e de Governança.

Breve Pesquisa de 15 minutos.

Em retribuição a WTW compartilhará uma cópia dos resultados que ajudarão os líderes de negócios e profissionais de riscos estratégicos a entender como as organizações abordam o risco de ESG.
A pesquisa será encerrada em 30 de junho de 2022. Vale ressaltar que somente dados consolidados de todos os participantes serão apresentados no relatório final - seus dados individuais serão mantidos em sigilo.
Se tiver alguma dúvida sobre a pesquisa, envie um e-mail para wtwsurvey@willistowerswatson.com
Para mais informações sobre a pesquisa e para respondê-la acesse:


Marcia Ribeiro entrevista Kelly Conde Mitidiero, Superintendente de Comunicação e Relações Externas da MAPFRE, sobre a Inovação do Empoderamento da mulher.

Ouça: https://anchor.fm/sousegura/episodes/Voz-Segura-l-A-inovao-do-empoderamento-da-mulher-e1kbdam


             


Acesse as edições mais recentes das publicações do Mercado de Seguros

Revista Apólicehttps://www.revistaapolice.com.br/2022/05/edicao-276/

Revista Coberturahttps://www.revistacobertura.com.br/revistas/revista-cobertura-243/

Revista Insurance Corp: http://insurancecorp.com.br/pt/content/pdf/ic_ed41_2022.pdf

Revista Segurador Brasil: https://revistaseguradorbrasil.com.br/edicao-172/

Revista Seguro Total: https://revistasegurototal.com.br/2022/04/20/edicao-225-2022-a-volta-dos-encontros-presenciais/

Revista de Seguros: https://cnseg.org.br/publicacoes/revista-de-seguros-n-920.html

Conjuntura CNseg https://cnseg.org.br/publicacoes/conjuntura-cnseg-n72-8A8AA8A3814031B80181721AABD66752.html

Revista Insurtalks https://www.flipsnack.com/FEDBBBDD75E/revista-insurtalks-2/full-view.html

Revista Brasil Energia:https://editorabrasilenergia.com.br/wp-content/uploads/sites/1/flips/133132/Bia475/index.html